Cirque du Soleil pede recuperação judicial

Cirque du Soleil demite 4.600 funcionários

Após demitir 4.600 funcionários, Cirque du Soleil abre pedido de recuperação judicial para evitar falência!

O Cirque du Solei entrou nesta segunda-feira com um pedido de recuperação judicial para tentar evitar o processo de falência.

Cirque du Soleil pede recuperação judicialO grupo canadense entrou em programa de proteção contra os credores após a pandemia de Covid-19 forçar a companhia a paralisar seus espetáculos ao redor do mundo, abrindo uma disputa pelo controle de uma das empresas de entretenimento ao vivo mais conhecidas em todo o planeta.

A informação de que o Cirque podia abrir declaração de falência começou a circular em março.

O conglomerado pede uma injeção de US$ 300 milhões para poder retomar seus negócios.

Com sede em Montreal, o Cirque du Soleil, cuja dívida gira em torno de US$ 1,6 bilhão, abriu pedido de proteção por meio do Ato de Acordo de Companhias com Credores no Canadá.

Os termos estão programados para serem ouvidos nesta terça na Corte Surpema de Quebec.

Empresas do ramo de entretenimento que dependem de grandes públicos estiveram entre as primeiras casualidades econômicas do novo coronavírus.

Via: Agência O Globo

Creso Suerdieck

Recuperação judicial, qual o melhor momento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *