Em recuperação judicial

Em recuperação judicial

Editora Abril negocia prédio de sua gráfica

“Ótima notícia para os credores da empresa”, avalia Creso Suerdieck

Foto: Divulgação

Creso Suerdieck DouradoEm recuperação judicial, a Editora Abril iniciou negociações para a venda do prédio de sua gráfica, na Marginal Tietê, em São Paulo.

De acordo com o especialista em recuperações judiciais Creso Suerdieck, trata-se de uma ótima notícia para os credores. “O dinheiro da venda fatalmente será revertido para eles. Certamente, isso deve estar contemplado no plano de recuperação judicial da empresa”.

A gráfica, que já foi a maior da América Latina, está sendo fechada neste mês. A expectativa da empresa é que no segundo trimestre o terreno esteja vendido.

Deixe uma resposta

*