LGPD: Documentação segura

LGPD: Documentação segura

LGPD: Documentação segura

A importância de uma contabilidade especializada

Nova lei busca trazer mais segurança ao acesso de dados

Foto: Divulgação

Creso Suerdieck

Um escritório de contabilidade guarda todas as informações contábeis, fiscais e financeiras de seus clientes e ainda processa não somente dados pessoais dos proprietários, como também dos colaboradores e, em alguns casos, têm também acesso aos dados dos clientes. Por isso, gerir adequadamente a documentação é fundamental.

No caso das empresas do setor de saúde como hospitais, clínicas e laboratórios, por exemplo, o acesso de um escritório de contabilidade aos dados do sistema precisa ser ainda mais criterioso e responsável. Isso tudo por conta da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD. As sanções entram em vigor a partir de 1º de agosto de 2021.

São considerados dados pessoais qualquer informação que permita identificar, direta ou indiretamente, um indivíduo, como nome, RG, CPF, gênero, data e local de nascimento, telefone, endereço residencial, prontuário de saúde e número do cartão de crédito, entre outros. Todas essas informações estão disponíveis no sistema de uma clínica, por exemplo.

Por isso, buscar uma empresa de contabilidade especializada na área médica é a melhor opção para essas empresas para evitar possíveis problemas com a nova lei. “A LGPD trouxe mudanças importantes para o setor contábil para garantir a conformidade. Quando se fala em acesso aos dados é preciso atenção redobrada e responsabilidade. Caso haja vazamento de informações, sejam elas da empresa ou dos clientes desta empresa, as sanções podem ir de advertências a severas multas”, afirma o contador e diretor da Rissi Contabilidade Médica, José Eduardo Rissi. As punições podem chegar até 2% do faturamento até o limite de 50 milhões de reais.

Empresas da área médica possuem particularidades e especificidades que precisam ser levadas em conta no momento da contabilidade. São muitos pontos que precisam atenção, desde o acesso interno até terceiros e fornecedores. O que fica ainda mais evidente com a nova Lei, daí a importância de buscar uma que seja especializada.

“Antes mesmo da nova lei, sempre investimos em equipamentos e softwares de segurança para evitar o vazamento de dados confidenciais dos clientes. São informações valiosas para qualquer negócio e, por isso, manter a segurança de todo o nosso banco de clientes é imprescindível”, conclui Rissi.

Deixe uma resposta

*