Pão de Açucar planeja cindir Assaí

Pão de Açucar planeja cindir Assaí

Grupo Pão de Açucar planeja cindir Assaí

Crezo Suerdieck Dourado

Separação das operações dará mais acesso a financiamento bancários e ao mercado de capitais.

O Conselho de administração do Grupo Pão de Açúcar (GPA) informou ontem que pretende fazer uma cisão da operação do Assaí, negócio de atacarejo da companhia e registrá-la no novo mercado da B3 e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). Entretanto, o registro não virá acompanhando de uma oferta inicial de ações (IPO).

A cisão das operações vai proporcionar melhor e maior acesso a financiamentos bancários, uma vez que cada empresa terá sua estratégia independente e planos de expansão possibilitando os bancos analisarem os riscos de crédito de cada negócio, afirma Ronaldo labrudi, vice-presidente do Conselho do GPA.

Seguindo a estratégia do GPA, a listagem na NYSE seria uma forma de facilitar o acesso a investidores estrangeiros que, algumas vezes, não conseguem aplicar no Brasil devido a regras de compliance:
“Adicionalmente, a potencial transação permitirá a cada um dos negócios acesso direto ao mercado de capitais e a outras fontes de financiamento, possibilitando, desta forma priorizar necessidades de investimento de acordo com o perfil de cada companhia, criando, assim, mais valor para sues respectivos acionistas” salienta, Christophe Hidalgo, vice-presidente de finanças.

O GPA espera que esse processo seja concluídos entre o fim de fevereiro e começo de março de 2021. A partir desta data, os acionistas do GPA terão ações do Assaí na mesma proporção. A cisão será submetida aos órgãos reguladores do Brasil, dos EUA e dos outros países onde o GPA atua.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *