Preço dos combustíveis: 0,48%

Preço dos combustíveis

Preço dos combustíveis

Preço dos combustíveis impulsionou inflação em fevereiro: peso no bolso

Apesar da alta, IBGE divulgou que índice do mês passado é menor do que o de janeiro

Foto: Divulgação

Creso Suerdieck

O IBGE divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, referente a fevereiro, é de 0,48%, o IPCA-15 mede a prévia da inflação oficial do País. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O índice é mais baixo do registrado em janeiro, quando fechou em 0,78%. Porém, em comparação com fevereiro de 2020, quando ficou em 0,22%, o IPCA-15 registrou alta.

Dos 9 grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE, 6 apresentaram alta no período. De acordo com o Instituto, os combustíveis ficaram no topo da lista dos itens que mais pressionaram a inflação em fevereiro, sobretudo a gasolina, que teve o maior impacto individual sobre o indicador, fechando em 3,52%.

Também houve alta nos preços do óleo diesel, que ficou em 2,89%; do etanol, em 2,36% e do gás veicular, que ficou em 0,61%.

Também os gastos com educação tiveram impacto importante na prévia da inflação deste mês, com alta de 2,39%. O grupo de alimentos foi outro componente importante, acumulando aumento de 0,56%, de acordo com IBGE.

Já em relação aos itens com menor peso no resultado do IPCA-15, destaque para o grupo de despesas com habitação. A prévia de fevereiro aponta deflação de -0,74%, puxada pela queda nas tarifas de energia elétrica.

Deixe uma resposta

*