Recessão à vista

Recessão à vista: US$ 51,25 bilhões

Previsão do PIB – Recessão à vista

Crezo Suerdieck Dourado

O mercado financeiro reduziu a previsão do tombo do Produto Interno Bruto (PIB) de 2020, revisando a estimativa de uma redução de 5,62% para 5,52%. O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serva para medir a evolução da economia.

A redução das atividades econômicas em meio à pandemia, derrubou a economia mundial e colocou diversos países no caminho da recessão. Com o Brasil não seria diferente e vemos que a economia brasileira vem sendo fortemente atingida.

O BC chegou a divulgar o resultado do IBC-BR, que chegou a indicar um tombo de quase 11% na atividade econômica do país, o que já sinalizava o início da recessão.

Os índices não são exatos, visto que organismos internacionais, como FMI e o Banco Mundial, estima uma queda no PIB na ordem de 9,1% no segundo semestre. Outro índice que preocupa é a meta da inflação que oscila entre 2 e 4%.

Com queda acentuada do PIB e inflação em ascensão temos como resultado imediato o recuo do investimento estrangeiro, que caiu de US$ 53,75 bilhões para US$ 51,25 bilhões.

Com a saída de Salim Mattar do governo e o enfraquecimento da agenda de privatizações, percebe-se que o Palácio do Planalto está mais preocupado com o palanque e a reeleição, pautado no auxílio emergencial para os mais pobres, do que estabilizar a economia em busca de investimentos estrangeiros.

No final, quem paga a conta é o crescimento do país que parece não chegar nunca.

Passivo de R$ 250 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *